Life Sciences

HAYS hays@hays.pt
Life Sciences
Faça login para ver o artigo todo
Testemunho

Nelson Ferreira Pires
General Manager
Jaba Recordati, SA

"As indústrias farmacêutica e do diagnóstico in vitro são estratégicas para a economia Portuguesa, comportando uma contribuição insubstituível para a saúde e para a economia e preponderante nas áreas científicas, nomeadamente através da criação de emprego altamente qualificado, de conhecimento científico, do acesso dos doentes à inovação, do contributo para o Produto Interno Bruto (PIB) e para o equilíbrio da balança comercial, com uma contribuição crescente para as exportações totais. É portanto fundamental encontrar um novo meio de financiamento do medicamento em Portugal. O ano de 2016 continuará a ser fortemente marcado pelas últimas medidas do Governo, que visam a redução do défice público. Não esperamos medidas adicionais com impacto na cadeia de valor do medicamento que levariam a um aumento do desemprego, saída de empresas e/ou medicamentos do mercado Português e a um aumento das exportações paralelas para um nível que pode colocar em perigo o abastecimento interno. Mas certamente será um ano de desafios!"